SÃO JOSÉ

Origem da comunidade Católica “São José” e da cidade de São José do Mantimento.

A Comunidade Católica “São José” em São José do Mantimento foi fundada em 19 de março de 1916, com a reza do terço entre as famílias.

Naquela época por aqui era tudo mata e a igreja mais próxima ficava em Lajinha e sem meio de condução era muito difícil para as famílias participarem.

Como a fé em Deus e a devoção a Nossa Senhora e a São José eram muito grande, resolveram rezar o terço em famílias.

Como as famílias todas aderiram à reza do terço, entre eles surgiu a idéia de construir um local para o povo se reunir e rezar.

Com uma grande devoção a São José, o Sr. João Felisberto Lopes fez a doação de 5 litros de terra para o santo (daí o primeiro nome do lugarejo onde hoje está nossa cidade: Meia Quarta, em referencia a meia quarta de terra doada para São José). Então, no lugar mais alto do morro atrás da antiga venda do Zuzu, foi construída então a primeira igreja, uma capelinha de pau-a-pique, dedicada a São José.

Participaram dessa primeira construção as famílias dos Senhores João Felisberto Lopes, Antonio Teixeira de Siqueira, João Firmino da Cruz, Honorato e Manuel Prudêncio.  No ano de 1920, foi realizada a primeira reforma e ampliação da capelinha.

Em 1928 outras famílias que aqui chegaram aderiram ao movimento religioso, ficando a capelinha muito pequena para a população se reunir. O Senhor Orosimbo Gomes de Moraes fez a doação do terreno e foi construída uma capela um pouco maior, com tijolos e madeira. Essa capela passou por diversas reformas e ampliações, chegando assim a igreja que temos hoje, a atual Matriz de São José. 

Dentre as famílias que participaram nessa etapa e foram importantes para a manutenção da comunidade e fundação da cidade de São José do Mantimento, podemos citar: Sr. Orosimbo Gomes de Moraes e Dona Francisca Catarina Gomes de Moraes (que doaram o terreno onde foi construída a Matriz de São José, o Cemitério Municipal e a Escola Estadual), o Sr. Luiz Antonio Guerra e Dona Carmélia Ferrari Guerra, Elpídio Teixeira Pinto e Dona Odília Teixeira Neves.

Outras famílias mais recentes que muito contribuíram para a formação e manutenção da Comunidade Católica “São José” foram: Ageniro Vitor Gomes e Dona Nair, Adílio Daniel Gomes e dona Juacília Guerra Gomes, José Guerra e Dona Nízia Maria da Conceição Guerra, Eurondino Guerra e Dona Sirene Pereira Guerra, Antonio Geraldo Gomes e Dona Maria Teixeira, José Martimiano da Cruz e Dona Maria Guerra da Cruz, Ibraim Assad e Dona Maria Chamon, Osvaldo Soares dos Reis e Alzira Teixeira dos Reis, Custódio Maria Gomes, Manoel Teixeira  Pinto, Angelina Nagem Pinto,  Francisco Candido Teixeira, entre outras.

Como hoje, naquela época as mulheres eram bastante atuantes na vida da comunidade. Citamos algumas importantes mulheres na formação da Comunidade Católica São José: Dona Josina, Dona Maria Amância Lopes, Dona Maria Teixeira Alves, Dona Manoela Silva, Dona Francisca Catarina, Dona Onodina Teixeira, Dona Malvina Teixeira, Dona Januária Teixeira, entre outras.